vantablack_01

Vantablack, cujo o nome vem de Vertically Aligned NanoTube Arrays (Conjunto de Nanotubos Verticalmente Alinhados), é um material desenvolvido pela empresa britânica Surrey NanoSystems. Em sua desenvoltura atual, Vantablack pode ter uma escuridão comparada ao vácuo do espaço ou até mesmo a luz negra emitida por um buraco negro.

Falando sobre a parte técnica do material, a cor, como nós humanos conhecemos, é o resultado da luz refletida fora de um objeto em iteração com os nossos olhos. Diferentes frequências de luz traduzem em cores diferentes. Vantablack não é uma cor, mas sim um material. É feito de uma “floresta” de carbono minúsculos, nanotubos ocos, onde cada um tem a largura de um átomo. Quando a luz atinge Vantablack, em vez de saltar e refletir, ele fica presa e é continuamente desviado entre os tubos, eventualmente sendo absorvida em dissipação de calor.

j56kj54Os níveis de gases e precipitação de partículas de Vantablack são extremamente baixos. Os altos níveis de substâncias dos materiais semelhantes no passado tinham impedido a sua utilidade comercial. Vantablack também tem maior resistência a vibrações mecânicas e tem maior estabilidade térmica. Embora Vantablack tenha uma espécie de olhar macio, aveludado, estas características não traduzem a sensação física verdadeira. Quando você toca Vantablack, parece que uma superfície lisa. Isso é porque os nanotubos são tão pequenos e finos, e podem simplesmente entrar em colapso sob o peso do toque humano, o que torna o material muito suscetível a danos físicos. Porém, embora seja sensível a toques, o material é extremamente resistente a outros tipos de forças que podem agir contra o mesmo, como choques ou vibrações.

Vantablack foi uma melhoria sobre substâncias similares anteriores desenvolvidas. Vantablack absorve 99.965% de luz visível. Além disso, este novo material pode ser criado a 400 ° C (752 ° F). A algum tempo, a NASA havia desenvolvido uma substância similar que poderia ser cultivada a 750 ° C (1.380 ° F). Vantablack pode ser cultivada em materiais que não podem suportar temperaturas mais altas.

O material já foi produzido a algum tempo, porém ainda não é tão conhecido e utilizado entre produtos de uso domésticos. Suas aplicações atualmente são limitadas a aplicações em telescópios, câmeras astronômicas e sistemas de digitalização de infravermelho, uma vez que tem “níveis praticamente indetectáveis de liberação de gases e precipitação de partículas”, que podem contaminar os geradores de imagens sensíveis. Além de usos militares que não podem ser citados pelo fabricante.

Uma das coisas que devem estar se perguntando é: “Ok, mas eu posso comprar e utilizar em casa?”. E a resposta é não, você não pode. Em questionamento direto com a empresa, foi explicado que o motivo do mesmo é a alta complexidade de desenvolvimento do material que é desenvolvido e deve ser cultivado exclusivamente em laboratório. Outro motivo citado foi o valor do mesmo, que poderia ultrapassar o facilmente o valor do ouro ou até mesmo do diamante!

 

Fonte(s):
http://mentalfloss.com/article/77190/6-facts-about-vantablack-darkest-material-ever-made
https://en.wikipedia.org/wiki/Vantablack
http://www.businessinsider.com/vantablack-blackest-darkest-material-2016-3
I
magens de divulgação